facebook

Clube Atlântico de Esgrima

Logotipo
Débora Nogueira em entrevista após a qualificação para Pequim 2008 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

debora

Débora Nogueira qualificou-se para os Jogos Olímpicos de Pequim ao classificar-se em 2º lugar no Torneio de Apuramento Olímpico realizado no passado dia 26 de Abril e que definia os últimos apurados para o palco máximo do Desporto Mundial. Com este resultado, Débora Nogueira passa a ser a segunda mulher na História da Esgrima Nacional a participar nos Jogos Olímpicos, 48 anos depois de Maria José Nápoles que representou Portugal em Roma 1960.

Débora Nogueira acedeu de imediato ao convite que lhe endereçámos para uma entrevista e é com enorme satisfação que aqui damos a conhecer um pouco melhor a mulher que, 48 anos depois, volta a pôr a Esgrima Feminina Portuguesa nos Jogos Olímpicos.

NF – Olá Débora, deixa-me felicitar-te uma vez mais pela tua qualificação para Pequim e agradecer-te a tua pronta disponibilidade para esta entrevista. Sendo o sonho de todos os atletas competir nos Jogos Olímpicos, o que sentiste no momento em que tornaste o teu sonho em realidade?

DN – Nem sei bem, descrever a sensação que é. Logo no momento senti uma euforia enorme mas depois passei para a fase da apatia, não estando a acreditar no que se estava a passar, ainda não acredito bem. 

NF – E agora que já passou uma semana como olhas para aquele dia e para a excepcional prova que fizeste?

DN – Olho como o dia mais feliz da minha vida e todos os dias me lembro dos ultimos dois segundos. 

NF – Descreve-nos como foste vivendo as várias fazes do Torneio Pré-Olimpico, uma vez que, embora a prova tivesse apenas 8 atiradoras, a poule poderia deitar tudo por terra logo na primeira fase e, mesmo passando essa fase, a qualificação necessitava ainda de duas vitórias a 15 toques frente a atiradoras melhor posicionadas no Ranking Mundial.

DN – O primeiro jogo da poule apesar de ter perdido até joguei bem, mas depois durante a poule houve fases menos boas, um dos assaltos ate estava a ganhar 4-1 e fui perder. A poule não correu muito bem, passei em 5º lugar para a fase seguinte. No primeiro jogo fui jogar com a bielorussa. Antes de jogar o meu treinador transmitiu-me uma serenidade e confiança que me deixaram muito calma e concentrada. Esse jogo ganhei 15-11, fiquei muito feliz e a partir daí comecei a acreditar e a ver a vitoria perto. Quando fui jogar com a Holandesa estava muito cansada, foi um jogo em que tive de me concentrar muito, logo cansei-me mentalmente muito mais. Em ambos os jogos tive que me mexer muito e fazer dai a minha superioridade.Neste jogo da meia final estive sempre a ganhar mas, quando cheguei aos 14-10, faltavam poucos segundos logo não quis arriscar, acabando ela por dar 3 toques e acabar o tempo. Acho que deixei o público com os nervos à flor da pele.

NF – Se é verdade que, à partida, não eras uma das favoritas o que hoje mais se fala é da determinação e o crer com que jogaste cada toque. Acreditaste sempre que era possível? Foste acreditando à medida que foste avançando? Não pensaste em nada disso e foste apenas jogando toque a toque?

DN – Fui jogando sempre toque a toque (como diz a Tulia), mas comecei a acreditar depois de ganhar à bielorussa mas ao mesmo tempo não estava a pensar no 15º toque. Fui deixando fluir.

NF – Achaste importante esta prova ter sido em Portugal? Qual a sensação de jogar com uma claque numerosa?

DN – Achei importantissimo. Eu não custumo gostar de claques, mas sem dúvida que esta claque fez a diferença toda, foram fenomenais.

NF – E agora como vai ser a preparação para os Jogos Olímpicos?

DN – Dura e vai ser mais complicado de gerir com a faculdade, mas também só se vai aos Jogos de 4 em 4 anosJ. 

NF – Numa modalidade como a nossa em que o sector feminino está tão carenciado de atletas, de que forma pensas que esta tua qualificação para os Jogos Olímpicos pode contribuir para aumentar o número de raparigas na Esgrima?

DN – Eu espero que pelo menos as que fazem esgrima se sintam motivadas para continuar. Acho que esta vitoria não é só boa para mim, para o sector feminino vai ser óptimo também.

NF – Para ti que fizeste o percurso todo - desde o desporto escolar até aos Jogos Olímpicos - que conselho darias aos nossos jovens atiradores que hoje preenchem os Circuitos Infantil e Juvenil, dando os primeiros passos na vertente competitiva da Esgrima?

DN – Terem um sonho e depois força de vontade para concretizarem esse sonho.

NF – Porque o sucesso desportivo, expresso no desempenho dos atletas, transporta também o empenho de, treinadores, familiares e amigos, queres aproveitar para deixar aqui alguns agradecimentos especiais?

DN – São muitas a pessoas a agradecer, essencialmente ao meu treinador que acreditou, esforçou-se e motivou-me para conseguirmos. Ao meu namorado que se fartou de ouvir historias de esgrima sem perceber nada e me apoiou sempre. A todas (todas mesmo) as pessoas que treinam comigo e aos treinadores que tive, a atletas que se tornaram amigos, À Cristina Camera (sem ela a esgrima portuguesa já não existia) aos meus pais e familiares, Ao GCP e até à propria Federação que tem vindo a melhorar um pouquito as apostas no feminino. Aos meus amigos. Uma palavra também para a Halcon viagens que me patrocinou este ano.Espero não me estar a esquecer de ninguem, obrigado a todos, foram incriveis, esta é uma vitória que quero partilhar com todos, ainda estou radiante.

NF – Para que possamos conhecer um pouco melhor a Débora Nogueira terminamos esta entrevista com um conjunto de perguntas rápidas, tipo parada/resposta:

» Data de Nascimento - 26.10.1985
» Habilitações Literárias - 3º ano de arquitectura na universiadade lusiada de lisboa
» Ídolo - João Gomes e a Trilini
» Clube - Ginásio Clube Português
» Um Filme - Harry Potter
» Um Livro - Harry Potter
» Um(a) cantor(a) ou banda musical - the hives, artik monkeys
» Uma Comida - japonesa e pizza
» Uma viagem de sonho - camboja, vietname e tailaindia

Cara Débora desejamos-te as maiores felicidades para os Jogos Olímpicos e para toda a carreira desportiva que se seguirá a Pequim.
 
Em Guarda. Pronta? Continuar.

Comentarios (4)

Muitos Parabéns!!!!
0
Foi enorme a felicidade que senti ao saber-te apurada para o Jogos.
Foi estrondoso o entusiasmo que senti em todos com quem falei.
Muito obrigado pelo que fizeste (se me é permitido falar em nome da Esgrima Portuguesa)
Não leves sorte para Pequim. Leva “apenas” tudo o que te deu ânimo para conseguires o que já conseguiste.
Muitos e MUITOS PARABÉNS!!!!
Miguel Amaral , 02 de Maio de 2008
...
0
Muitos Parabéns Débora pelo grande feito que conseguiste e agora Mt Força para todo o trabalho que tens pela frente, para que em Pequim estejas em grande!! Beijinho :zzz
Ana Celina Vicente , 02 de Maio de 2008
Muitos Parabéns transatlânticos!!
0
Débora, fiquei felicíssima quando soube da tua apuraçao aos Jogos Olímpicos de Pequim!
Feliz por ti, feliz pelo esforço, feliz pelas consequências que virão.
Feliz porque completas um sonho de todas nós, um sonho que já tornas-te possível e está em ti! Bem merecido e FORÇA..!
Um beijo especial de uma ex-companheira de batalha, directamente do Rio de Janeiro.
Muito boa sorte para Pequim!
Rita Alves , 06 de Maio de 2008
...
0
Há uns tempos fui a Lisboa e entrei no GCP. Estava lá a Cristina que me disse que tinhas sido qualificada para os Jogos. Fiquei super orgulhosa. Como disse a Rita, realizaste um sonho de todas nós! Um sonho que só quem fez ou faz esgrima em Portugal sabe o quão difícil é! Muitos parabéns a ti e ao maluco do Edu! Mesmo longe vou estar sempre a torcer por ti. Sei que tens muita força para chegar ainda mais longe!
Muitos Beijinhos,
Matilde
Matilde Garcia , 30 de Julho de 2008

Escreva seu Comentario

Voce precisa estar logado para postar um comentario. Por favor registre-se se caso nao tenha uma conta

busy
bannerdiariodonuno

Eventos

Agosto 2017 Setembro 2017 Outubro 2017
Se Te Qu Qu Se Do
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30

Próximos Eventos

Não há eventos agendados.
Visualizar calendário completo

Área Reservada



Parceiros


Desenvolvimento de sites por Made2Web
® 2008 - Clube Atlântico de Esgrima
Todos os Direitos Reservados