facebook

Clube Atlântico de Esgrima

Logotipo
...não dar vantagem aos adversários. PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
O Mestre Horvath chamava-lhe "perder o fio".
Por vezes um atleta passa fases extremamente difíceis na sua carreira competitiva. De forma mais ou menos inexplicável as "coisas" começam a não sair bem, a luz do aparelho deixa de acender para o nosso lado, parece que não sabemos o que utilizar durante os jogos e mais complicado ainda não temos sequer ideia do que fazer, como se um vazio técnico-táctico se instalasse em nós.
Conheço vários momentos destes (os meus e os dos outros), alguns deles constituindo verdadeiras "travessias do deserto" com um acumular de resultados bem abaixo das nossas capacidades.
Esta situação não se explica à luz do conceito de "forma desportiva" pois muitas vezes perdura indiferente à multiplicidade de factores que contribuem para o desempenho desportivo.
Dizia Horvath que o importante era trabalhar ainda mais nestes momentos pois a tendência é para afrouxar face à desmotivação que por vezes se vai instalando.
É que assim como por vezes "perdemos o fio" mais tarde ou mais cedo "o recuperamos" e nesse momento queremos estar na máxima força... para não dar nenhuma vantagem aos adversários.

Comentarios (0)

Escreva seu Comentario

Voce precisa estar logado para postar um comentario. Por favor registre-se se caso nao tenha uma conta

busy
 
bannerdiariodonuno

Eventos

Outubro 2017 Novembro 2017 Dezembro 2017
Se Te Qu Qu Se Do
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30

Próximos Eventos

Não há eventos agendados.
Visualizar calendário completo

Área Reservada



Parceiros


Desenvolvimento de sites por Made2Web
® 2008 - Clube Atlântico de Esgrima
Todos os Direitos Reservados