facebook

Clube Atlântico de Esgrima

Logotipo
Toque Decisivo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Vosu, espadista da Estónia, sagrou-se Vice-Campeã Mundial de Espada Feminina em Leipzig 2005 perdendo a final no toque decisivo, depois de um assalto equilibrado cujo tempo carimbou com um empate. Até aqui nada de extraordinário pois "por um se ganha, por um se perde".
Se olharmos com mais atenção para o percurso desta atleta nessa mesma competição deparamo-nos com a seguinte curiosidade. Todos os jogos desde o Quadro 64 foram ganhos apenas no toque decisivo, com excepção do Quadro de 8 onde venceu por 9/7. Assim, verificamos que nos 6 jogos que lhe deram a apetecível medalha, 5 foram decididos no toque decisivo com um saldo final favorável de 4 vitórias e 1 derrota.
Na jornada Europeia da nossa Sala de Armas no passado fim-de-semana contabilizamos cerca de uma dúzia de jogos disputados no toque decisivo, tendo no entanto vencido apenas um par deles. Não se trata aqui de comparar nem de tirar grandes ilações sobre os desempenhos concretos, mas sim reflectir sobre a natureza específica do toque decisivo para podermos estar melhor preparados para o disputar.
Dizia o Mestre Horvath "O toque decisivo necessita de um projecto. Definam-no, preparem-no e executem-no". Claro que cada toque necessita de um projecto, mas estas palavras tinham um sentido muito claro. O toque decisivo não pode ser jogado na expectativa do erro adversário oscilando entre uma solução defensiva e outra ofensiva consoante o rumo do minuto final. O Toque decisivo tem que ser construído tendo por base:
* as características do adversário
* a história do jogo (vindo de uma recuperação, perdendo uma vantagem nos momentos finais, etc...)
* a confiança para executar a acção escolhida
Da conjugação destes 3 factores nasce o projecto para o toque decisivo, ao qual temos que juntar a forma como o vamos preparar, a zona da pista onde o queremos executar o momento temporal ideal para o fazer (início, meio ou final do minuto).
Não quer isto dizer que o toque decisivo tem que ser jogado com um projecto ofensivo, muito pelo contrário, dependendo da prioridade e da estratégia decidida podem-se construir projectos para este toque que têm por objectivo uma conclusão com base na defesa.
Sandro Cuomo, antigo Campeão da Selecção Italiana de Espada e actual Treinador efectuou um estudo sobre o toque decisivo onde verificou as vantagens da iniciativa para o êxito nesta situação. Isto assim parece importante - Decidir e Aplicar.
Claro que os factores psicológicos são determinantes para a confiança com que se disputam estes toques decisivos pois, na maior parte dos casos, os atiradores sentem-se desconfortáveis nesta situação não a interpretando como uma clara oportunidade para ganhar mas sim... uma inoportuna possibilidade de perder.

Comentarios (0)

Escreva seu Comentario

Voce precisa estar logado para postar um comentario. Por favor registre-se se caso nao tenha uma conta

busy
 
bannerdiariodonuno

Eventos

Novembro 2018 Dezembro 2018 Janeiro 2019
Se Te Qu Qu Se Do
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31

Próximos Eventos

Não há eventos agendados.
Visualizar calendário completo

Área Reservada



Parceiros


Desenvolvimento de sites por Made2Web
® 2008 - Clube Atlântico de Esgrima
Todos os Direitos Reservados