Candeias, Arede e Cordeiro concluíram participação em Paris Versão para impressão
Sexta, 05 Novembro 2010 18:03

Os 3 atiradores do Atlântico concluíram hoje a sua participação no Mundial de Paris, não conseguindo apuramento para o quadro principal de 64.

Candeias terminou em 85º entre os 198 participantes na prova de espada. Passou a fase de poule com 3v e 2d entrando no quadro preliminar de 128 frente ao Austríaco Kainz, numa assalto “impróprio para cardíacos”, Candeias entrou bem assumindo a liderança com 5/1. Kainz recuperou igualando a 6 toques e passou para a frente do marcador levando Candeias para 9/14 a 45 segundos do final do último tempo. Num esforço final, o atirador do Atlântico encetou uma fantástica recuperação colocando o marcador em 14 igual a menos de 10 segundos do final, período no qual obteve o toque da vitória que o colocou no quadro preliminar de 64.

No assalto de acesso ao quadro principal, Candeias defrontou  Jefremenko da Letónia. Candeias esteve sempre em desvantagem, conseguindo aproximar a 9/11, no entanto Jefremenko foi mais forte e venceu 15/10.

Em 104 lugar classificou-se Arede. 4v e2d na poule colocaram-no no quadro de eliminação directa frente a Karpacovs, também de Letónia. O assalto esteve equilibrado na fase inicial mas Karpacovs ganhou vantagem e conseguiu manter até ao final batendo Arede por 15/11.

João Cordeiro obteve 3v e 3d na poule e foi afastado pelo Ucraniano Nikishin por 6/15 terminando em 123º.

A prova de espada conta ainda com o Português Videira que entrou directo no quadro principal onde jogará no dia 8.